UNIUV | COLTEC

Projeto Rondon

Projeto Rondon Logo

O Projeto
O Projeto Rondon foi criado em 1967 e durante as décadas de 1970 e 1980, permaneceu em franca atividade, tornando-se conhecido em todo Brasil. No final dos anos oitenta, o Projeto deixou de receber prioridade no Governo Federal, sendo extinto em 1989.
Em 2005, já com uma nova roupagem, o Projeto Rondon voltou a figurar na pauta dos programas governamentais, sendo atribuída a sua coordenação ao Ministério da Defesa.
O Projeto Rondon tem por objetivos contribuir para a formação do universitário como cidadão, integrar o universitário ao processo de desenvolvimento nacional, por meio de ações participativas sobre a realidade do País, consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses nacionais e estimular no universitário a produção de projetos coletivos locais, em parceria com as comunidades assistidas.

Primeira Operação
A Operação “2 de Julho” aconteceu entre os dias 18 de janeiro e 03 de fevereiro de 2013, tendo como Centro Regional a cidade de Salvador e envolveu 20 municípios do Estado da Bahia. A UNIUV atuou na cidade de Irará e os primeiros acadêmicos a participar foram Aline Graef, Bruna Kobus, Chayenne de Souza, Else Elly de Souza, Hedwiges Hoffmann Soter, Helena Schmidt Zelinski, Marcelo Kloczko, Maria Juliane Suota e os professores Clovis Tilgner e Luana Rodrigues.

Segunda Operação

A Operação “Guararapes” aconteceu em 20 municípios, entre os dias 18 de julho e 01 de agosto de 2014, tendo como Centro Regional a cidade de Recife, em municípios dos Estados de Pernambuco, Paraíba e Alagoas. A cidade em que a UNIUV atuou foi Correntes, em Pernambuco. As professoras que acompanharam os acadêmicos foram Emili Souza e Luísa Rech. Os alunos participantes Danilo Fillus, Jairo Martins, Jessica Dalbo, Karina Dobkovski, Karine Levandovski e Kayê Kampmann. Em uma ação paralela ao Projeto Rondon, o aluno William Costa, participou da Ação Cívico Social (ACISO), da Marinha do Brasil, em que ficou aproximadamente o mesmo tempo da Operação “Guararapes”, embarcado em um navio no Norte do País, para realizar ações voltadas a saúde.

Terceira Operação

A Operação Forte do Presépio foi realizada no período de 6 a 22 de julho de 2013, nos Estados do Pará e do Maranhão, em 30 municípios da região. A UNIUV atendeu a região de Governador Nunes Freire, no Maranhão.  Na segunda participação da instituição, os professores enviados para a Operação foram Renata Santana e Wilson Eckl. Os acadêmicos foram Bruna Werle, Edimar Grossklaus, Felipe Moretto, Letícia Surmas, Mayara Mugnol, Nicoli Nicoluzzi, Rafael da Silveira e Silvia Vacelkoski.

 


Arquivos