ARTIGO - Patrimônio Histórico – Piano de Cauda Blüthner
(15/08/2008)

 

Com relação à preservação do patrimônio histórico local, discorremos sobre um Piano fabricado na cidade de Leipzig - Alemanha, no ano de 1892, e que foi tombado como Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural do município de União da Vitória em 2003.
Este foi o primeiro piano de cauda na região Sul do Estado, serviu por muitos anos ao entretenimento das famílias nos saraus organizados pela família do Coronel Amazonas de Araújo Marcondes, com a pianista Julia Marcondes.
Cedido ao Grupo Escolar Professor Serapião, passou a ter função pedagógica nas aulas de canto e de musica, abrilhantando festas cívicas.
Com a municipalização do ensino, o Piano passou à responsabilidade da Fundação de Cultura, que em 1990, por ocasião do centenário de União da Vitória foi restaurado para ser utilizado no palco do Cine Teatro Luz.
Em 2001 foi transferido para a Fundação de Cultura em estado precário de conservação.
Foi tombado pelo decreto Municipal nº. 91/2003, p. 2 do livro Tombo de União da Vitória, documento referendado em 11 de novembro de 2003, na presença de autoridades e convidados.
Hoje em dia, encontra-se em um dos armazéns da Estação União, no lado de União da Vitória, onde se ministram aulas de música, não é utilizado  e está pouco conservado. O piano está desafinado e a base de suas teclas com vários danos causados pela ação do tempo. O Piano de Cauda Blüthner apresenta grande valor histórico e artístico para a cidade de União da Vitória e seus munícipes, sendo motivo de orgulho e admiração, portanto carece de recursos para sua restauração, que podem ser obtidos mediante de projetos em órgãos federais e estaduais.
*Acadêmica do curso de Turismo do Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv).


Texto: Mayara Quelho*
Foto: Divulgação