Notícia

UNIUV inaugura Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal em parceria com Receita Federal

01/03/2018


O Centro Universitário de União da Vitória (UNIUV) inaugurou na terça-feira, 27, a sala do Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF), por meio de uma parceria entre a universidade e a Receita Federal. No mesmo dia também foi realizada uma palestra com o delegado da Receita Federal, Gustavo Luis Horn.

O atendimento no NAF será realizado por acadêmicos bolsistas de um projeto de extensão desenvolvido pelo coordenador do curso de Ciências Contábeis, Oscar Adalberto Schmidt. No total, a equipe é formada por seis alunos, que se revezarão para atender o público toda terça e quinta-feira, pela manhã. “ Esse acordo de cooperação técnica entre Receita Federal e UNIUV vem para acatar um pedido de mais prática para alunos de Contábeis e atender mais a comunidade, como já é feito pela UNIUV por meio de outros projetos de extensão”, comenta o reitor, Alysson Frantz.

Segundo Frantz, antes da implementação do NAF na UNIUV, foi realizada uma visita à Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) para que pudessem verificar o funcionamento do NAF naquela instituição. “Após isso toda a proposta de elaboração foi realizada aqui. Também tramitou ao longo desse início de ano a seleção dos acadêmicos que passaram a integrar o NAF por meio do projeto de extensão”, relata.

O NAF começará a atender na terça-feira, 5 de março. Atualmente os acadêmicos estão passando por um treinamento feito pela Receita Federal para que possam orientar a comunidade com relação a suas dúvidas referentes a assuntos ligados à Receita Federal.  “Poderão ser esclarecidas dúvidas sobre o imposto de renda, pois surgem muitas dúvidas sobre como fazer a declaração. O NAF tem como objetivo prestar esse atendimento à comunidade, dando auxílio e facilitando as operações que dentro da Receita Federal os técnicos não podem realizar para o público, mas aqui no NAF conseguimos ajudar a resolver as dúvidas e realizar esse atendimento de maneira mais eficiente no que se refere a questões fiscais. A tendência é que o NAF se expanda de acordo com a procura. Então para aumentar os dias de atendimento bem como os serviços vai depender da demanda”, completa Frantz.


por: Ivana Caroline Porn - Doing/Agexcom